Publicidade SIMPLEX - quem nos defende?

«1. O serviço “Divórcio na Hora” é um serviço privado criado através de iniciativa privada sem a colaboração ou a intervenção de serviços públicos do Ministério da Justiça. 2. Apesar da existência de serviços públicos como a “Empresa na Hora” ou a “Associação na Hora” que foram criados ao abrigo do programa SIMPLEX e do Plano Tecnológico e que entraram em funcionamento em 2005 e 2007, respectivamente, o “Divórcio na Hora”, assim como a “Procuração na Hora”, não têm qualquer relação com estes serviços nem com nenhuma iniciativa pública (...)», explica o Gabinete de Imprensa Ministério da Justiça aqui.

Curioso! Há uns meses atrás escrevi isto, convencida que o serviço "Procuração na Hora" era da responsabilidade do Governo, fazendo fé no que li aqui:



Fiz mal, está visto...

1 comentário:

Oct. disse...

O Simplex... é bastante complex...

Passou-se a ter tudo "na hora"

Para os consumidores da Justiça é música para os ouvidos deles, e vão-se enganando com uma realidade virtual totalmente falsa.

é importante que todas as entidades que têm poder de fiscalização, tomem em mãos e analisem estas novas ideias na hora, elas vão prejudicar muito o consumidor, e para variar a culpa vai ser sempre dos mesmos... os advogados que demoram tempo a resolver as coisas...

cumprimentos

Boa páscoa